Conteúdo

No Ensino Médio a Escola desenvolve as seguintes Competências e Habilidades:

Língua Portuguesa

  • Confrontar opiniões e pontos de vista sobre as diferentes manifestações da linguagem.
  • Analisar os recursos da linguagem relacionando textos/contextos de acordo com suas condições de produção e recepção.
  • Recuperar, pelo estudo do texto literário, as formas de construção do imaginário coletivo e o patrimônio representativo da cultura.
  • Articular as diferenças e semelhanças entre a língua oral e escrita e seus códigos sociais, contextuais e lingüísticos.
  • Aplicar as tecnologias da comunicação e da informação na escola e no trabalho entendendo os seus impactos nos processos de produção, no desenvolvimento do conhecimento e na vida social.
  • Considerar a Língua Portuguesa como fonte de legitimação de acordos e condutas sociais e como representação simbólica das experiências humanas.

Línguas estrangeiras (Inglês e Espanhol)

  • Conhecer línguas estrangeiras como instrumento de acesso a informações.
  • Utilizar-se destas línguas para ampliação dos conhecimentos acadêmicos, desenvolvimento da competência comunicativa e percepção de outras culturas e grupos sociais diversos.

História

  • Criticar, analisar e interpretar fontes diversas, reconhecendo o papel das diferentes linguagens e dos agentes sociais e contextos envolvidos em sua produção.
  • Produzir textos sobre processos históricos a partir dos elementos próprios da historiografia.
  • Situar as diversas concepções de tempo e suas formas de periodização e as diferentes produções culturais, reconhecendo-as dentro de seus contextos históricos.
  • Estabelecer relações entre continuidade e ruptura/transformação nos processos históricos e situá-los nos diversos ritmos de duração e nas relações de sucessão e/ou de simultaneidade.
  • Reconhecer o papel do indivíduo nos processos históricos como sujeito e como produto, simultaneamente.
  • Compreender e atuar sobre os processos de construção da memória social.
  • Comparar problemáticas atuais e passadas, posicionando-se diante de fatos presentes a partir da interpretação de suas relações com o passado.

Geografia

  • Compreender e aplicar no cotidiano os conceitos básicos da Geografia, lendo, analisando e interpretando seus códigos específicos (mapas, gráficos, tabelas, entre outros), considerando-os como elementos de representação de fatos e fenômenos espaciais e/ou espacializados.
  • Reconhecer e aplicar as escalas como forma de organizar e conhecer a localização, distribuição e freqüência dos fenômenos naturais e humanos.
  • Reconhecer os fenômenos espaciais identificando as singularidades ou generalidades de cada lugar, paisagem ou território.
  • Reconhecer os processos históricos e contemporâneos que resultam em profundas mudanças na organização e no conteúdo do espaço.
  • Investigar e observar os processos de formação e transformação dos territórios, tendo em vista as relações de trabalho, a incorporação de técnicas e tecnologias e o estabelecimento de redes sociais.
  • Identificar, analisar e avaliar o impacto das transformações naturais, sociais, econômicas, culturais e políticas nos âmbitos local, regional, nacional e global.

Sociologia

  • Identificar, analisar e comparar os diferentes discursos sobre a realidade (explicações das Ciências Sociais e do senso comum), sendo capaz de produzir novos discursos a partir das observações e reflexões realizadas.
  • Construir instrumentos para uma melhor compreensão da vida cotidiana, ampliando a visão de mundo e o horizonte de expectativas.
  • Construir uma visão crítica da indústria cultural e dos meios de comunicação de massa, avaliando o papel ideológico do marketing como estratégia de persuasão do(a) consumidor(a) e do(a) eleitor(a).
  • Compreender e valorizar as diferentes manifestações culturais agindo de modo a preservar o direito à diversidade.
  • Compreender as transformações no mundo do trabalho e o novo perfil de qualificação profissional exigido em decorrência.
  • Construir a própria identidade social e política, viabilizando o exercício da cidadania plena no Estado de Direito e atuando para que haja uma efetiva reciprocidade de direitos e deveres entre o poder público e o(a) cidadão(ã) e entre os diferentes grupos sociais.

Filosofia

  • Ser capaz de ler textos filosóficos de modo significativo, de ler, de modo filosófico, textos de diferentes estruturas e registros e de elaborar, por escrito, o que foi apropriado de modo reflexivo.
  • Debater, defendendo e argumentando, uma posição tomada e mudando-a em face de argumentos mais consistentes.
  • Contextualizar conhecimentos filosóficos, tanto no plano de sua origem específica, quanto em outros planos: o pessoal-biográfico, o sócio-político, o histórico, o cultural e o horizonte da sociedade tecnológica.

Artes

  • Elaborar produções artísticas em diferentes linguagens (música, artes visuais e audiovisuais, dança, teatro).
  • Apreciar os produtos de arte, em suas distintas linguagens, desenvolvendo a erudição e a análise estética.
  • Analisar, refletir e compreender os diferentes processos da Arte e seus instrumentos, como manifestações sócio-culturais e históricas.
  • Conhecer, analisar, refletir e compreender critérios culturalmente construídos e embasados em conhecimentos filosóficos, históricos, sociológicos, antropológicos, semióticos, científicos e tecnológicos, entre outros.
  • Analisar, refletir, respeitar e preservar as manifestações artísticas dos diferentes grupos sociais e étnicos, compreendendo-os em sua dimensão sócio-histórica.

Educação Física

  • Assumir uma postura ativa na prática das atividades corporais, com consciência de sua importância na vida cotidiana, valorizando-as como forma de desenvolver suas aptidões físicas.
  • Reconhecer na convivência e práticas pacíficas, maneiras eficazes de crescimento coletivo a partir do diálogo, da reflexão e da adoção de posturas democráticas.
  • Participar de atividades em pequenos e grandes grupos, compreendendo as diferenças individuais e procurando colaborar para que o coletivo atinja os objetivos a que se propôs.
  • Refletir sobre as informações acerca da cultura corporal, adotando uma postura autônoma, na seleção de atividades e procedimentos para a manutenção ou aquisição de saúde.
  • Compreender as diferentes manifestações da cultura corporal, reconhecendo e valorizando as diferenças de desempenho, linguagem e expressão.

Matemática

  • Ler, interpretar e produzir textos matemáticos.
  • Ler, interpretar e utilizar representações matemáticas (tabelas, gráficos, expressões).
  • Transcrever mensagens matemáticas da linguagem corrente para a linguagem simbólica (equações, gráficos, diagramas, fórmulas, tabelas) e vice-versa.
  • Identificar problemas, procurando, selecionando e interpretando informações relativas a ele, selecionando estratégias para sua resolução.
  • Formular hipóteses e prever resultados, interpretando-os criticamente no contexto da situação.
  • Discutir idéias, produzir argumentos convincentes, distinguir e utilizar raciocínios dedutivos e indutivos.
  • Fazer e validar conjecturas, experimentando, recorrendo a modelos esboços fatos conhecidos, relações e propriedades.
  • Utilizar a Matemática na interpretação do real, aplicando conhecimentos e métodos matemáticos em situações reais, em especial, em outras áreas do conhecimento.
  • Relacionar etapas da história da Matemática com a evolução da humanidade.
  • Utilizar adequadamente os recursos tecnológicos como instrumentos de produção e de comunicação.

Física

  • Compreender os códigos e símbolos físicos e expressar-se corretamente utilizando a linguagem física e os elementos de sua representação simbólica.
  • Apresentar o conhecimento apreendido, de forma clara e objetiva, através desta linguagem.
  • Identificar fontes de informações e formas de obtê-las.
  • Classificar, organizar, sistematizar as informações obtidas, desenvolvendo a capacidade de investigação física através de situações-problema.
  • Compreender e utilizar conceitos, leis e teorias físicas.
  • Relacionar grandezas, quantificar, identificar parâmetros relevantes, observar, estimar ordens de grandeza, compreender o conceito de medir, formular hipóteses e testá-las.
  • Articular o conhecimento físico com conhecimentos de outras áreas do saber científico e estabelecer relações entre este conhecimento e outras formas de expressão da cultura humana.
  • Reconhecer a Física enquanto construção humana em suas relações com o contexto cultural, social, político e econômico; seu papel no sistema produtivo e no desenvolvimento tecnológico ampliando, progressivamente, a capacidade humana e o conhecimento científico.
  • Ser capaz de emitir juízos de valor em relação a situações sociais que envolvam aspectos físicos e/ou tecnológicos relevantes.

Química

  • Compreender os códigos e símbolos próprios da Química atual.
  • Utilizar a representação simbólica das transformações químicas e reconhecer suas modificações ao longo do tempo.
  • Traduzir a linguagem discursiva em linguagem simbólica da Química e vice-versa e em outras linguagens utilizadas (gráficos, tabelas e relações matemáticas).
  • Identificar fontes de informações e formas de obtê-las.
  • Compreender os fatos químicos, compreender e utilizar conceitos químicos dentro de uma visão macroscópica.
  • Compreender dados quantitativos, estimativas e medidas e as relações proporcionais presentes na Química (raciocínio proporcional).
  • Reconhecer tendências e relações a partir de dados experimentais ou outros (classificação, seriação e correspondência).
  • Desenvolver conexões que possibilitem previsões acerca das transformações químicas.
  • Reconhecer ou propor a investigação de um problema, selecionando procedimentos experimentais pertinentes.
  • Selecionar e utilizar idéias e procedimentos científicos (leis, teorias, modelos) para a resolução de problemas qualitativos e quantitativos, identificando e acompanhando as variáveis relevantes.
  • Reconhecer o papel da Química no sistema produtivo e as relações entre o desenvolvimento científico e tecnológico da Química e aspectos sócios-políticos e culturais.
  • Reconhecer aspectos químicos relevantes na interação do ser humano com o ambiente e os limites éticos e morais que podem estar envolvidos no desenvolvimento da Química e da tecnologia

Biologia

  • Descrever processos ou características do ambiente ou de seres vivos, observados em microscópio ou o olho nu.
  • Conhecer e utilizar os códigos da Biologia.
  • Apresentar suposições e hipóteses acerca dos fenômenos biológicos em estudo.
  • Apresentar, de forma organizada, o conhecimento biológico apreendido, através de textos, desenhos, esquemas, gráficos, tabelas e maquetes.
  • Identificar fontes de informações e formas de obtê-las.
  • Expressar dúvidas, idéias e conclusões acerca de fenômenos biológicos.
  • Relacionar fenômenos, fatos, processos e idéias, elaborando conceitos, identificando regularidades e diferenças, construindo generalizações.
  • Utilizar critérios científicos para classificação de animais e vegetais.
  • Relacionar os diversos conteúdos conceituais na compreensão de fenômenos e estabelecer relações entre parte e todo de um fenômeno ou processo biológico.
  • Selecionar e utilizar metodologias científicas adequadas para a resolução de problemas, fazendo uso, quando for o caso, de tratamento estatístico na análise de dados coletados.
  • Formular questões, diagnósticos e propostas de solução para os problemas apresentados.
  • Utilizar noções e conceitos da Biologia em novas situações de aprendizado.
  • Relacionar o conhecimento de diversas disciplinas para o entendimento de fatos ou processos biológicos.
  • Reconhecer a Biologia enquanto construção humana em suas relações com o contexto cultural, social, político e econômico.
  • Identificar a interferência de aspectos místicos e culturais nos conhecimentos do senso comum relacionados a aspectos biológicos.
  • Reconhecer o ser humano como agente e receptor das transformações produzidas por ele em seu ambiente.
  • Identificar as relações entre o conhecimento científico e o desenvolvimento tecnológico, considerando a preservação da vida, as condições de vida e as concepções de desenvolvimento sustentável.